Daoura Citizens: a evolução da participação cidadã na Internet

Sabemos que não é nada fácil fazer sua voz ser escutada quando existem muitas vozes ecoando. No mundo digital então, nem se fala.

São milhões de manifestações sobre questões urbanas e sociais publicadas em todos os cantos da Internet, priorizadas e filtradas pelos famosos “algoritmos” das redes sociais, e fazer sua opinião, percepção e ideias sobre sua cidade se tornar real é algo quase impensável quando não se tem um perfil com milhares de seguidores.

Você quer participar e expressar sua opinião sobre um problema urbano ou social que te incomoda, mas é desencorajado por diversos motivos.

O primeiro deles é que todas estas manifestações estão espalhadas pela Internet, são de difícil acesso das pessoas ou ainda de difícil entendimento, dada a enorme quantidade de textos publicados a todo momento, que faz o seu potencialmente ser uma gotinha no oceano.

Além disso, não há grande engajamento nos assuntos de interesse local e muito menos ações concretas no mundo real. A prefeitura até tenta realizar audiências públicas, mas elas ocorrem em horários impossíveis de participar, longe das pessoas, cheio de protocolos e burocracia.

Aí, quando as prefeituras oferecem um aplicativo de gestão de demandas urbanas, mal funcionam, são burocráticos como no mundo analógico dos papéis e burocracia, e dificilmente a solução para um problema reportado pelos cidadãos é dada. Esse modelo atual de participação cidadã não funciona mais.

É exatamente neste contexto que queremos te apresentar o Daoura Citizens, que traz uma experiência inovadora de participação cidadã nos debates digitais, ao utilizar o poder da inteligência artificial para gerar insights a partir das manifestações dos cidadãos em diversas fontes da Internet, e oferecer ferramentas gratuitas que lhes permitam participar dessas conversas sobre o bairro ou cidade onde vive, ou sobre um tema de interesse comum de seus vizinhos.

Com o Daoura Citizens, além do rápido acesso às manifestações sobre uma cidade, bairro ou tema, é possível ver ainda um resumo numérico com um termômetro da cidade, sentimento das pessoas, sobre o quê estão falando e onde!

Tudo isso para permitir que os cidadãos tenham conhecimento aberto sobre as experiências e opiniões de pessoas que vivem ao seu redor, e usem a ferramenta como um espaço digital para enviar novas manifestações e potencializar ideias com as quais concorda, gerando ainda mais insights e engajamento.

E depois disso? É claro que as manifestações digitais, sem ações concretas no mundo real, não servem de muita coisa, certo? Errado.

Quando se organiza, qualifica e facilita o debate digital sobre uma cidade ou sobre um tema, com o apoio de tecnologias avançadas, como a Daoura, se permite que tanto os cidadãos quanto os demais atores urbanos (governos e empresas) entendam efetivamente o que é prioridade, como um problema afeta os moradores da cidade e como resolver os problemas no mundo real. E o Daoura Citizens faz exatamente isso.

Num mundo tecnologicamente transformado como é o nosso, não dá pra aceitar que atividades tão importantes, como a participação e o debate e conversas entre cidadãos, ainda sejam feitas como no século passado.

Daoura Citizens veio pra transformar tudo isso.

Acesse, explore e participe: cidadaos.daoura.ai